Vai beijar muito no Carnaval? Cuidado com a sua boca!!!

Maira Moraes
@maira_moraes

Publicado em 08 de Fevereiro de 2018

O Carnaval está chegando e a gente só pensa numa coisa: VAMOS BEIJAR MUUUUUUUUUUITO!

Mas é sempre bom lembrar que nem tudo é festa. Conversamos com o cirurgião-dentista Edmilson Pelarigo, diretor clínico da rede OrthoDontic, sobre os benefícios e também algumas precauções que precisamos tomar antes de sair por aí distribuindo beijinhos, beijocas e beijões.

Benefícios do beijo

Beijar pode trazer diversos benefícios para o corpo:

– Eleva os batimentos cardíacos;

– Auxilia a oxigenação do sangue;

– Proporciona sensação de prazer;

– Queima calorias!

Riscos do beijo

Apesar desses benefícios maravilhosos, é importante lembrar que a boca é também responsável pela retenção de uma grande quantidade de micro-organismos. Para você ter uma ideia, uma única gota de saliva pode conter cerca de dois bilhões de bactérias.

Mas a pergunta que todo mundo se faz: a gente pode pegar AIDS com um beijo? O Dr. Edmilson Pelarigo afirma que a única hipótese de transmissão do vírus do HIV através do beijo se dá caso haja lesões e feridas abertas, o que não livra os foliões da influência dos vírus da gripe, HPV, Hepatite B e herpes, por exemplo.

E já que o assunto é boca, Pelarigo alerta sobre os efeitos do excesso de álcool:

“A ingestão de bebida alcoólica em grandes quantidades ocasiona desidratação e ressecamento das mucosas bucais, o que pode provocar lesões”.

O cirurgião-dentista também destaca que a alteração na salivação pode comprometer ainda mais a higiene. “A saliva colabora com a limpeza dos dentes e ajuda a mantê-los saudáveis”.

Dicas para beijar muuuuuuito!

A dica é manter a higiene bucal em dia mesmo com a alteração na rotina.

“O ideal é utilizar fio dental e fazer as escovações corretamente, mas alimentos como a maçã também podem auxiliar na limpeza, uma vez que possuem componentes higienizadores”, sugere Pelarigo.

Manter o corpo hidratado e ter algumas frutas a tiracolo pode também ajudar a manter a embriaguez sob controle, evitando brincadeiras que possam causar qualquer tipo de trauma, incluindo os que possam atingir a região da boca.

Publicidade

Comente no Facebook

Comente no Site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *