Duelo dos passos

Maira Moraes
@maira_moraes

Publicado em 27 de julho de 2016

Desafio você a um “duelo de passos”!

Se você não foi convidado para um duelo de passos, tenha certeza de que algum dos seus amigos ou familiares está todo animadinho por ter batido a meta do dia e ultrapassado os demais participantes do desafio. Para brincar é fácil. Existem aplicativos que fazem a contagem e estão disponíveis para download gratuito em celulares dos mais diversos modelos, além de pulseiras e relógios.

Mas a pergunta que não quer calar é: seria esta mais uma ferramenta para integrar pessoas que precisam iniciar uma atividade física (vulgo, gordinhos e/ou sedentários)? Ao longo do tempo, há quem diga que, dependendo do nível de aptidão para o esporte, os participantes dos duelos acabam até mesmo melhorando suas performances por meio de competições.

Tá louco? 10 mil passos por dia???

Normalmente, os aplicativos para celulares e outros gadgets trazem como desafio inicial 10 mil passos diários (que seriam compatíveis com a recomendação da Organização Mundial da Saúde). Mas quem consegue, num dia comum de trabalho, bater essa meta? Eu tenho uma dessas “pulseiras fitness” e meus resultados mostram que, se não for para a academia, não rola.

Duelo de passos por Maira Moraes

 

Mas há quem consiga. “Comecei a usar como uma brincadeira, estimulado no trabalho, e vi que passava de 10 mil passos com facilidade. Não é um exercício físico, mas traz um início de atividade”, diz o cirurgião cardiovascular Marcelo Mota (42 anos) em entrevista ao site do jornal O Estado de São Paulo. Além de usar o aplicativo do celular há um ano, ele tem uma “pulseira fitness” que monitora o gasto energético e o sono.

E aí? Vai encarar?

Sedentarismo

A matéria do Estadão traz alguns alertas. Apesar dos estudos nacionais e internacionais apresentarem a meta de 10 mil passos por dia como a ideal para quem quer abandonar o sedentarismo, especialistas em saúde afirmam que a coisa não é bem assim. Teoricamente, tem gente que corre… tem gente que caminha… e, no fim das contas, dependendo do que é feito, os efeitos no corpo são diferentes.

A orientação mais aceita entre esses profissionais é de que meia hora de atividade física, quatro vezes por semana, já é suficiente para quem quer se exercitar.

Perigo do duelo dos passos

Se por um lado os aplicativos e pulseiras com contadores de passos tem o benefício de poder estimular a prática esportiva, por outro lado, escondem um perigo: a prática de exercícios de maneira exagerada e sem acompanhamento.

Há casos em que as pessoas se empolgam e passam a fazer mais atividades porque querem compartilhar com amigos e vencê-los em suas marcas diárias. Com isso, correm risco de lesões ou mesmo de terem problemas mais graves.

Por isso, antes de entrar nessas competições, faça um check­up e busque orientação de um profissional de educação física.

——————

Fonte:
‘Duelo’ de passos conquista adeptos

Publicidade

loading...

Comente no Facebook

Comente no Site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *