Em 2015

Eduardo Sales Filho
@eduardo_sales

Publicado em 04 de janeiro de 2016

Em 2015

Em 2015 revi vários amigos em minhas viagens pra Salvador, Brasília e Fortaleza.
Em 2015 matei as saudades do São João de Amargosa, mas confesso que tô velho demais pra isso.
Em 2015 voltei na Osteria Dell’ Agazzi para comer o melhor nhoque do mundo e ele continua delicioso.
Em 2015 eu fui pros Estados Unidos duas vezes e, se tudo correr bem, irei novamente neste ano.
Em 2015 voltei para a Disney depois de 23 anos e curti como se fosse a primeira vez.
Em 2015 bebi cerveja amanteigada e o Flaming Moe mas achei ambos bem mais ou menos.
Em 2015 visitei a NASA e tive certeza que jamais poderia ter sido um astronauta.
Em 2015 assisti dois jogos da NBA ao vivo, no ginásio, e achei muito foda!
Em 2015 vi amigos casarem e se separarem. Curiosamente vi alguns até mesmo voltarem pros seus cônjuges antes do ano acabar.
Em 2015 fiquei bêbado poucas vezes, mas todas elas valeram a pena.
Em 2015 jantei no Terraço Itália e gostei da comida, mas ela não vale o tanto que paguei.
Em 2015 não tive nenhum problema de saúde. Graças a Deus!
Em 2015 me esforcei ao máximo para não me meter em brigas na internet, mas nem sempre consegui.
Em 2015 a minha coleção de camisetas nerds triplicou de tamanho.
Em 2015 encontrei com Jack Black e ele imitou o Yoda pra mim!
Em 2015 frequentei uma barbearia hipster, mas parei de ir antes que começasse a usar tênis verde e escutar Los Hermanos.
Em 2015 passei a trabalhar com três monitores porque afinal de contas dois não eram o bastante.
Em 2015 trabalhei muito. Muito mesmo. Não lembro de já ter tido um ano tão puxado quanto este.
Em 2015 fui aos cinemas assistir a um novo Star Wars e chorei feito criança.
Em 2015 me arrependi por não ter comprado um BB-8 em Miami.
Em 2015 foi difícil continuar fazendo podcasts, mas aos trancos e barrancos conseguimos chegar no final do ano.

2015 foi um ano de muito trabalho mas também de muita diversão. Os problemas que enfrentei ainda não foram completamente solucionados, mas as perspectivas para o futuro são otimistas. Afinal 2016 é um ano par e eu adoro anos pares!

Gostaria de aproveitar este momento para agradecer a todos vocês que, de uma maneira ou de outra, estiveram presentes em minha vida nos últimos 365 dias, e desejar um 2016 com tudo aquilo que sempre sonhamos, mas ainda não conseguimos.

Feliz Ano Novo!

Para acompanhar as minhas retrospectivas pessoais de 2007, 2008, 2009, 2010, 201120122013 e 2014 é só seguir os links.

Publicidade

loading...

Comente no Facebook

Comente no Site

2 respostas para “Em 2015”

  1. Elizabeth Fernandes disse:

    E não levou Dona Maíra pra dançar em 2015?!
    Rsrsrsrs…
    Feliz 2016!

  2. Reinaldo chen disse:

    Ben disse que o BB8 seria arrependimento mas faz parte… enfim Feliz ano novo e que venham novas gordices nesse ano par e bissexto! Feliz 2016 !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *