Dicas preciosas para os gordinhos foliões

Lucio Luiz
@lucioluiz

Publicado em 03 de março de 2011

gordoderaiz

Do alto de minha larga experiência de mais de trinta anos vendo os desfiles das escolas de samba pela TV (e um ano desfilando sofridamente na Marquês de Sapucaí), juntei informações suficientes para ajudar os gordinhos que cismam de fugir de sua natureza e resolvem festejar o Carnaval na rua.

Como escolher a fantasia

O primeiro passo para cair no samba é descobrir como se fantasiar. É importante que seja algo confortável e que caiba bem em você. Isso significa que 99,99% das fantasias disponíveis nas lojas não são viáveis, caro gordinho folião. Porém, podemos tentar trabalhar com o que temos em casa. Você pode, por exemplo, pegar seu pijama e pintar umas listras azuis e sair de Banana de Pijama. Tudo bem que seria uma banana amassada no estilo da musiquinha da Xuxa, mas em último caso você pega dois pequenos pufes e diz que é uma banana-split.

Se você achar que essa fantasia é um tanto humilhante, pode tirar a camisa, puxar a calça até a altura do peito e dizer que é o Obelix. Outra opção é colocar uma cueca por cima da calça, jogar uma toalha nas costas e se fantasiar de Super-Homem velho, bêbado e acabado. Lamento, mas você não convenceria como o Homem de Aço normal, a não ser que diga que foi alvo da kryptonita vermelho-ketchup, que transforma o Super numa bola de carne.

Outras boas possibilidades de fantasia para gordos são: mecânico (um macacão velho sujo de graxa – ou chocolate, o que for mais agradável), lixeiro (qualquer camisa laranja, embora possam te confundir com o mascote da Copa do Mundo da Espanha) ou fantasma (um lençol branco rasgado no meio pra passar a cabeça e que o deixaria com a cara do tio gordo do Gasparzinho).

O fundamental é que a fantasia seja simples para que você não morra desidratado depois de cinco pulos. Afinal, se vestir de pássaro plumoso no resplendor da alvorada não é uma ideia saudável para um gordinho que odeia suar e pretende manter-se vivo por um tempo aceitável. Sem contar que pega mal, né?

Como escolher onde ir

Se você realmente quisesse uma sugestão boa sobre o melhor lugar para curtir o Carnaval, eu diria que é em casa, no sofá, comendo Ruffles com guaraná e com o ar condicionado no máximo. Mas, infelizmente, sei que não é isso que você está procurando, seu louco insano que quer pular o Carnaval na rua sob o Sol inclemente.

Pra começo de conversa, deixe da lado desfiles de escola de samba e outras opções que exijam comprometimento de horário, local e concentração. Você precisa ter como fugir de vez em quando para uma lanchonete para recuperar as forças e as calorias perdidas. Blocos de rua são a melhor opção nesse caso (embora o termo “melhor” esteja sendo usado com muita liberdade nesse contexto).

Se você estiver no Nordeste, notadamente em Salvador, estará ferrado se não tiver um GPS. Imagine-se todo pimpão dançando no bloco, suando que nem um porco em cima dos seus colegas de folia (o nível alcoólico deles determinará o quão próximos estarão de seus sovacos) e, quando resolve dar uma saidinha pra tomar uma água, descobre que está num universo paralelo onde cada saída de um bloco leva para outro trio elétrico, que está colado com outra aglomeração de gente, seguida por mais um trio e por aí vai.

Há relatos de pessoas que estão presas até hoje em realidades alternativas onde o Carnaval de 1984 ainda não terminou num looping infinito de Dodô, Dedé e Dadá. Mas não é o caso, creio eu. Só tome cuidado pra não chegar nenhuma loura chapada sair beijando seu GPS dizendo que está apaixonada pela voz de orientação (a não ser que você coloque a voz feminina, aí pode até curtir, seu tarado).

Como sobreviver à folia

Uma bolsa térmica lotada de água mineral é uma das melhores coisas que você pode levar para a folia. Meio litro de água gelada para cada cinco pulos que você der é a formatação ideal, portanto economize nos pulos para economizar na água, já que você não quer ser obrigado a ir fazendo pipi no meio da rua, oras. A não ser que você esteja com o nariz entupido e a visão turva, o que o permitira entrar nos banheiros químicos sem riscos para a saúde mental.

Se você for muito preguiçoso para carregar uma bolsa térmica, ainda resta a opção de levar bastante dinheiro na cueca (um lugar onde dificilmente mexerão em você, lamento dizer) para comprar água nas lanchonetes. Você também pode comprar o precioso líquido nas barraquinhas da rua, mas observe bem a coloração do produto e evite sucos e caldos de cana, especialmente se eles estiverem sendo vendidos ao lado de um banheiro químico e sem maquininha de moer cana por perto.

Comer também é importante. O ideal seria levar um lanche de casa e algumas luvas (afinal, você estará suando que nem um porco necrófilo lendo o catálogo de uma fábrica de presunto). É fundamental que você encontre um cantinho seguro para desembrulhar seu sanduíche quase mofado para não correr o risco de uma loura chapada sair beijando o sanduba… e sem camisinha!

Dê preferência para aqueles biscoitos ou batatinhas que são vendidos em tubos. Assim, você poderá “bebê-los”, tomando apenas o devido cuidado para não engasgar e ficar se mexendo que nem um louco à beira da morte. Corre o risco de, ao invés de receber a manobra de Heimilch, você ganhar o prêmio de Rei Momo mais animado do Carnaval.

Resumindo

Não vá! Fique em casa! Depois não diga que eu não avisei!

Publicidade

Comente no Facebook

Comente no Site

4 respostas para “Dicas preciosas para os gordinhos foliões”

  1. Mi disse:

    "Resumindo Não vá! Fique em casa! Depois não diga que eu não avisei!" = PERFEITO!

    • @Gustavopereira disse:

      Ë exatamente isso que eu faço. É muito perigoso aqui em Recife com tanta gente na rua. Muita gente por metro quadrado.

      Eu num vou nem para show com 20mil pessoas, imagina com 1,5mi? HAHAHAHA Prefiro ficar em casa assistindo filme e comendo. :D

  2. Muuuito bom! :) Eu não vou e nem vejo na TV. Carnaval é uma época muito boa pra descansar, e só.

    Abração Lucio. Sô seu fã e fã dos seus fã.

  3. danizinha disse:

    Eu gosto muito de tudo,saio pra clubes,carnaval adogo tudo issso kk

    tenho uma festa pra eu ir a fantasia não sei oq ficaria legal em mim,mais assim mesmo eu vou

    bjs a todos não tenham vergonha de ser gordinhos sou mais eu em muitas e muitas ocasiões kkkkkk.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *