O post que virou fórum (FAQ sobre sibutramina)

Vinicius Tapioca
@DrTapioca

Publicado em 07 de abril de 2010

O excelente texto do Bruno Mendonça sobre a sibutramina, publicado em 25 de julho de 2009, gera comentários até hoje e se transformou sibutraminapraticamente em um “fórum” sobre o uso dessa substância.

Lendo os diversos comentários, Dudu Sales (proprietário deste pardieiro) percebeu que muitas pessoas apresentavam dúvidas que deveriam ser respondidas por uma pessoa altamente capacitada e com vasto conhecimento técnico sobre o assunto. Como não encontrou ninguém com essas qualidades, apelou pra mim mesmo.

Respondi na seção de comentários várias dessas perguntas e como acredito que se tratem de dúvidas comuns a muita gente, resolvi transformá-las em um texto no estilo FAQ (perguntas e respostas).

1 – Se eu parar de tomar sibutramina, volto a engordar (“efeito sanfona”)?
R: Se está usando sem orientação, sim. É preciso ter acompanhamento especializado para reeducar a alimentação. Só remédio não resolve.

2 – Sibutramina é tarja preta? Posso comprar sem receita?
R: Até 30 de março não era tarja preta, mas só podia ser vendida com retenção da receita. Recentemente, tornou-se medicação de controle especial (tarja preta) e só pode ser vendida com receita azul.

3 – Sibutramina aumenta a pressão?
R: Sim, em alguns pacientes pode haver aumento pressórico. Se você é hipertenso, só pode usar se estiver bem controlado e sob orientação de um médico. É preciso vigiar a pressão e a frequência cardíaca sempre que usar a droga.

4 – Posso comprar sibutramina pra mim com a receita da minha amiga?
R: De jeito nenhum! Ao prescrever a medicação para sua amiga o médico fez uma avaliação risco/benefício para o tratamento dela e só dela, inclusive com a dosagem ideal para ela. Não dá para extrapolar essa avaliação para todos do círculo de amizade dessa pessoa.

5 – Tomando sibutramina, eu preciso fazer ginástica e dieta pra emagrecer?
R: Sim, claro. A medicação é um adjuvante do tratamento. É preciso exercícios, dieta e tratamento psicológico para alcançar o objetivo, que é manter o peso ideal sem a necessidade de comprimidos. Ou você quer tomar remédio para o resto da vida?

6 – Quais os efeitos colaterais mais comuns da sibutramina?
R: Além da pressão alta (já referida acima), no início do tratamento os pacientes geralmente referem-se cefaleia (dor de cabeça), náusea, tontura, boca seca, sudorese, taquicardia (coração acelerado), constipação intestinal, alterações de humor e insônia. Em geral, esses sintomas desaparecem em torno de 15 dias após o início do tratamento, mas, se persistirem, o médico deve ser informado.


7 – Qual a dosagem que deve ser usada?
R: A depender de cada caso, usa-se de 10mg a 15mg. Estudos mostram que doses superiores a essas só aumentam os efeitos adversos, sem incremento da eficácia. Então, nada de tomar dois ou três comprimidos de uma vez. Você só vai estar se prejudicando. Como sempre, o correto é seguir precisamente a orientação de seu médico.

8 – Quais as contraindicações da sibutramina?
R: Hipersensibilidade (alergia ao medicamento), usuário de IMAO (inibidor da monoaminooxidase), passado de bulimia ou anorexia nervosa, gravidez, lactação, hipertensão não controlada, história de doenças cardio e cerebrovasculares e diabete tipo 2, com sobrepeso ou obesidade e ligada a mais um fator de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

9 – Tem idade certa pra usar sibutramina?
R: Sim. A substância ainda não foi devidamente estudada em pessoas com menos de 18 anos e mais de 65 anos. Portanto, deve ser evitada nessas faixas etárias.

10 – Posso beber álcool usando sibutramina?
R: É contraditório. As bulas dizem que pequenas quantidades de álcool não afetam o desempenho psicomotor ou funções cognitivas, no entanto deve-se evitar abusos. Eu não recomendo a associação, pois não há estudos que garantam a segurança neste aspecto.

11 – Qual a diferença da sibutramina “de marca”, a genérica e a manipulada?
R: Em teoria não há diferença alguma, já que utilizam a mesma substância. No entanto, sabemos que a fiscalização em nosso país é precária e ninguém garante que certas medicações realmente apresentem o princípio ativo na dosagem que informam. Recomendo usar uma boa marca (mesmo no caso de medicação genérica) ou procurar uma farmácia de manipulação de confiança.

12 – Sibutramina causa infarto e derrame?
R: Ela aumenta o risco de complicações cardio e cerebrovasculares e em pacientes suscetíveis pode, sim, causar tanto infarto quanto derrame.

Para encerrar, gostaria de dizer que fiquei preocupado com alguns depoimentos de pessoas que não se preocupam de forma alguma com os riscos e que conseguem a medicação de forma ilícita (comprando sem receita em outros países e até mesmo aqui no Brasil), usando sem nenhuma supervisão profissional e baseadas em informações de origem duvidosa. Não só estão colocando em risco a própria vida como estão estimulando outras pessoas a seguirem o mesmo caminho. Tenha responsabilidade e só use medicação sob orientação médica.

——–

ATUALIZADO

Tem alguma dúvida sobre o uso da sibutramina que não foi respondido aqui? Deixe a sua pergunta nos comentários que iremos atualizar esse post com novas respostas sobre os remédios para emagrecer mais usados no Brasil.
Clique aqui e veja mais informações sobre a sibutramina.

Publicidade

loading...

Comente no Facebook

Comente no Site

930 respostas para “O post que virou fórum (FAQ sobre sibutramina)”

  1. Daiane disse:

    Estou com a receita da sibutramina em mãos. Gostaria de saber de vcs qualguma o laboratório que vcs compraram e se este está funcionando pra vcs. Pois li que a sibutramina da eurofarma não faz efeito. Procede isso?

  2. Selma Lopes Barbosa Martins disse:

    Estou tomando sibutramina posso tomar também o café Verde ele é natural

  3. Mercia disse:

    Esse aumento da pressão vai embora com a suspensão do medicamento, ou seja, é temporário??

  4. Valéria disse:

    Comecei o tratamento com sibrutamina há pouco mais de um mês e estou tendo ótimos resultados,estou sendo acompanhada por um Endócrino e de fato ela ajuda no controle dá ansiedade e saciedade, não tive nenhum efeito colateral, estou conseguindo conviver com alimentos que antes só tinha vontade de parar de comer quando acabava. A orientação médica é fundamental, aliando ao tratamento a dieta e atividades físicas

  5. Nivia disse:

    Olá bom dia gostaria de saber o que vcs acham da situbramina DÓ.laboratorio EMS pois ouvi dizer q estem algumas q nao fazem efeito.

  6. Nivia disse:

    Gostaria de saber se algum (a) de vcs toma sibutramina do laboratório EMS

  7. Leticia disse:

    Devo tomar subtramina antes ou depois do exercicio fusico ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *